Home » Dicas de Saúde » Vitamina U e sua ação antiúlcera

Vitamina U e sua ação antiúlcera

Conheça mais sobre a vitamina U e sua ação antiúlcera – matéria exclusiva publicada na revista suplementação ano 07, nº 29

O que é úlcera?

A úlcera são lesões na superfície do tecido cutâneo ou mucoso, podendo ocorrer em qualquer parte do corpo. A úlcera péptica é exemplo de lesão que ocorre no estômago ou no duodeno. As causas são variadas, podendo ser desencadeadas por fatores genéticos, a utilização prolongada de drogas anti-inflamatórias, pela bactéria Helicobacter pylori, estresse, ou origem nervosa, quando há a produção excessiva de sucos gástricos.

Sintomas?

Os sintomas ocorrem em intervalos regulares e, às vezes desaparecem quando há ingestão de alimentos. A doença pode desenvolver-se sem apresentar sintomas por alguns anos, mas na fase adiantada a ferida pode perfurar o duodeno ou a parede do estômago, ocasionando hemorragias internas, vômito com sangue.

A úlcera pode ser agravada por vários fatores, entre eles: tabagismo, excesso de café e de bebidas alcoólicas, alimentos gordurosos, frituras, tensão nervosa, ansiedade, estresse, dentre outros fatores relacionados ao estilo de vida da pessoa. A prática de atividade física, alimentação mais natural, são medidas necessárias.

importância do repolho e da couve (fontes de vitamina U) quanto à ação antiúlcera?

Estudos científicos comprovam que o ácido menínico, conhecido como vitamina U, tem um papel importante na cura de úlceras da pele e do trato intestinal, ajudando a normalizar a mucosa gastrintestinal. O repolho e a couve são alimentos que contem uma boa concentração de vitamina U e vem sendo utilizado em tratamentos antiúlceras, em especial a couve verde ou branco que têm uma maior capacidade para neutralizar a acidez e promover a cura, devendo ser consumidos crus, para que não haja perda de nutrientes.

Valores nutricionais da Couve e do Repolho

A couve e o repolho são hortaliças que se destacam pelo teor de vitaminas (Vitamina A, C, complexo B, K), cálcio, ferro, magnésio e manganês presentes em sua composição nutricional. Observe abaixo as tabelas nutricionais da couve e do repolho (valores referentes a 100 gramas):

Couve

Nutrientes Valor
Valor energético 25 kcal
Carboidratos 5,8 g
Proteína 1,3 g
Total Gorduras 0,1 g
Colesterol 0 g
A fibra dietética 2,50 mg
Vitaminas
Folatos 53mcg
Niacina 0.234 mg
Ácido pantotênico 0,212 mg
Piridoxina 0.124 mg
Riboflavina 0,040 mg
Tiamina 0.061 mg
Vitamina C 36,6 mg
Vitamina A 98 UI
Vitamina K 76 mcg
Eletrólitos
Sódio 18 mg
Potássio 170 mg
Minerais
Cálcio 40 mg
Ferro 0,47 mg
Magnésio 12mg
Manganês 0.160mg
Fósforo 26 mg
Zinco 0,18 mg
Fito-nutrientes
betacaroteno 42 mcg
Alfacaroteno 33 mcg
Luteína, zeaxantina 30 mcg

Repolho:

Nutrientes Valor
Valor energético 30,9kcal
Carboidratos 7,2g
Proteínas 1,9g
Fibra alimentar 2,0g
Fibras solúveis 0,1g
Cálcio 43,7mg
Vitamina C 43,2mg
Piridoxina B6 0,1mg
Fósforo 57,7mg
Manganês 0,3mg
Magnésio 18,0mg
Lipídios 0,1g
Ferro 0,5mg
Potássio 328,1mg
Cobre 0,9ug
Zinco 0,3mg
Tiamina B1 0,1mg
Sódio 2,3mg

0,1g
-
Cálcio 43,7mg
Vitamina C 43,2mg
Piridoxina B6 0,1mg
Fósforo 57,7mg
Manganês 0,3mg
Magnésio 18,0mg
Lipídios 0,1g
Ferro 0,5mg
Potássio 328,1mg
Cobre 0,9ug
Zinco 0,3mg
Tiamina B1 0,1mg
Sódio 2,3mg

Como o repolho e a couve devem ser preparados para serem consumidos com o maior nível nutricional a fim de auxiliar no combate de úlceras?

Tanto o repolho como a couve devem ser preparados crus, pois quando cozidos perdem parte dos nutrientes que favorecem a ação antiúlcera. Uma boa dica é preparar as folhas do repolho em saladas cruas, já a couve o ideal é ingerir o sumo/suco para que se tenha um melhor aproveitamento dos nutrientes, favorecendo assim no tratamento da úlcera.

Alfafa e sua associação à ação antiúlcera?

A alfafa apresenta em sua composição nutricional, uma quantidade significativa de vitamina U, apresentando ação antiúlcera, aumentando a ação enzimática no intestino, reduzindo a secreção de ácidos do estômago. Além da vitamina U, encontramos vitaminas A, D, E, B6, clorofila, cálcio, ferro, manganês, fósforo, potássio, cloreto e silício.

A alfafa é uma leguminosa que contém pouquíssimas calorias – em 100 gramas temos apenas 29 kcal, sendo pouca consumida na refeição dos brasileiros. Uma sugestão é adicionar a dieta uma suplementação de alfafa em pó para corrigir e prevenir deficiências futuras de vitaminas, minerais, proteínas, ou aplicação em tratamento de úlceras.

Leia Também


Sobre: Maria Clara

Consultora em Alimentação e Nutrição - Graduada pela universidade Federal do Ceará - UFC. Bacharela em Saúde - Universidade federal da Bahia - UFBA

Gostou deste artigo??? Então torne-se fã do MC Nutrir no Facebook!!!



Deixe seu comenário