Home » Dicas de Saúde » Produção de Gases Intestinais

Produção de Gases Intestinais

Também conhecido por: Flatos - Flatulência - Pum - Peido - Arroto Eructação, os gases produzidos no intestino apresentam duas origens, formados a partir da fermentação de restos alimentares no interior do intestino; uma grande parte do ar é engolido pela deglutição da saliva como pelos hábitos alimentares.
Os restos alimentares, resultante da degradação devido ação das bactérias no intestino grosso, produzem aproximadamente três litros de gases por dia. Esses gases são eliminados pelo ânus, mas se houver uma obstrução intestinal, passarão a ser eliminados pela boca.

Alguns alimentos favorecem a produção de gases são eles

  • Feijões, Lentilhas, ervilhas, leguminosas em geral, repolho, batata doce, cebola, couve, ovo, brócolis, entre outros.

Os três litros de gases intestinais produzidos, resultam, na eliminação de 17 flatos por dia (aproximadamente).

Profissões das quais exigem falar muito, como professores, locutores ou pessoas que falam muito por hábitos próprios, são mais susceptíveis a sofrerem de flatulência. Sendo, o ar deglutido, eliminado através de eructações (arrotos) ou flatos.

Ingerir líquidos quentes como chá, sopa, chimarrão faz com que o organismo sorvam os líquidos, isso implica na deglutição de ar junto com as bebidas quentes.

Pessoas com intolerância à lactose, colite e dispepsia também são mais propensas a apresentarem flatulência.

Comer muito rápido, mastigar pouco os alimentos, atrapalham assim a digestão e fazendo com que o bolo fecal chegue ao intestino sem estar adequadamente digerido;

Alimentação deficiente em fibras e ingestão de dificulta o trânsito intestinal, favorecendo a prisão de ventre.
A pratica de exercícios regularmente, hábitos alimentares saudáveis, o consumo de pelo menos 02 litros de água ao dia, além favorecem a boa forma, combatem a formação de gases.

Leia Também


Sobre: Maria Clara

Consultora em Alimentação e Nutrição - Graduada pela universidade Federal do Ceará - UFC. Bacharela em Saúde - Universidade federal da Bahia - UFBA

Gostou deste artigo??? Então torne-se fã do MC Nutrir no Facebook!!!



Deixe seu comenário