Home » Dicas de Saúde » Intolerância ao glúten

Intolerância ao glúten

Quantas vezes nos deparamos com produtos contendo a informação contém glúten, não contém glúten? Apesar da variedade de produtos industrializados, alguns alimentos contém a substância, saber quais os cuidados que devemos ter ao ingerir essa substância é um dever não só daqueles que tem intolerância – doença celíaca –  mas de todos nós.

O que é o glúten?

O glúten é uma proteína em tamanho maior formada por outras duas proteínas menores a gliadina e glutenima. Está presente no amido, cereais de trigo, centeio, aveia, cevada, malte e triticale. Todos os alimentos derivados desses grãos possuem glúten em sua composição.

Na produção de alimentos essa substância possui diversas finalidades, por exemplo: no pão, o glúten contido na farinha de trigo é responsável pela permanência dos gases no interior da massa, fazendo com que o pão aumente de volume e não diminua após esfriar.

Glúten prejudica a saúde?

O glúten também é uma fonte de proteína para nosso organismo. Pessoas sem a doença celíaca não sofrem nenhuma reação que possa prejudicar a saúde, há não ser que tenha algum outro distúrbio, por exemplo, alergias. No entanto não é recomendável consumir grande quantidade de glúten, devido ao fato de ser bastante energético, e como a energia é armazenada em forma de gordura, o consumo exagerado ocasionará um rápido aumento de peso, obesidade e consequentemente o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Doença celíaca?

Essa doença causa uma reação anormal à ingestão de alimentos que contenha glúten. O corpo libera uma substância chamada citosina, que danifica e atrofia a parede do intestino delgado. Se não houver um acompanhamento ou uma dieta adequada, essa doença ocasionar à morte do individuo.

Sintomas?

Os sintomas mais conhecidos são:

  • Diarreia crônica (causada pela inflamação no intestino delgado, que passa a apresentar falhas na absorção dos nutrientes);
  • Déficit no crescimento;
  • Fome intensa;
  • Fraqueza;
  • Irritação, depressão;
  • Atraso menstrual;
  • Esterilidade;
  • Aftas recorrentes e dificuldades para tratar anemia, já que o intestino não consegue absorver o ferro.

Tratamento?

Não existe cura para a doença celíca, o melhor tratamento é uma dieta sem glúten. Uma pessoa com estes sintomas não pode parar de comer glúten por conta própria, só um profissional, após realizar uma biópsia do intestino, poderá indicar um diagnóstico.

Dieta sem glúten?

Alguns alimentos são utilizados em substituição ao glúten. Optar por opções feitas com farinha de arroz, fécula de batata, quinua, milho e mandioca são ótimas alternativas. As bebidas alcoólicas permitidas são vinho, aguardente, espumante, champanhe e saquê. A farinha de rosca não costuma ser vista como um alimento que contém glúten. Mas, como é produzida a partir do pão, possui a proteína, devendo ser evitada.

Leia Também


Sobre: Maria Clara

Consultora em Alimentação e Nutrição - Graduada pela universidade Federal do Ceará - UFC. Bacharela em Saúde - Universidade federal da Bahia - UFBA

Gostou deste artigo??? Então torne-se fã do MC Nutrir no Facebook!!!



Deixe seu comenário